cover

Título: A Farsa

Autor: Raul Brandão

Edição: Luso Livros

Formatos: epub

Publicada em 1903, “A Farsa” de Raul Brandão é, possivelmente, a sua obra que mais se aproxima da estrutura narrativa de um romance convencional. Não deixa, no entanto, à semelhança das outras obras do autor, de ser uma obra de carácter expressionista, marcada pelas correntes do Simbolismo e Decadentismo.

A obra mistura também elementos romanescos, trágicos, cómicos, farsantes e até líricos numa prosa marcadamente poética: “a água come as pedras, as lágrimas molham e desgastam as criaturas” – uma característica estilística usual em Raul Brandão.

A Farsa é essencialmente uma narrativa dramática que discorre sobre a ideia e a forma como nós, indivíduos, usamos máscaras sociais como fachada e dissimulação, para encobrir a nossa interioridade conturbada e o nosso “eu” psicológico verdadeiro que é cada ser humano, reduzindo esta ideia aos traços grosseiros da caricatura, mas sempre com uma sensibilidade inigualável, como todas as obras de Raul Brandão.