Arquivo da Categoria: Machado de Assis

“Quincas Borba” de Machado de Assis

quincas

Título: Quincas Borba

Autor: Machado de Assis

Edição: Agrupamento de Escolas de Rio de Mouro

1.ª edição: outubro de 2013

Formato: ePub

Publicado inicialmente como folhetim na revista A Estação, entre os anos de 1886 e 1891 para, em 1892, Quincas Borba é uma das obras mais conhecidas de Machado de Assis e é considerado pela crítica moderna o segundo romance da trilogia realista o autor de Machado de Assis (entre Memórias Póstumas de Brás Cubas de 1881, e Dom Casmurro de 1899), onde Assis se serve do pessimismo e da ironia para criticar os costumes e a filosofia de seu tempo.

Anúncios

“O Alienista” de Machado de Assis

alienistaTítulo: O Alienista

Autor: Machado de Assis

Edição: Agrupamento de Escolas de Rio de Mouro

1.ª edição: outubro de 2013

Formato: epub

Considerada por muitos a obra-prima de Machado de Assis, O Alienista consta-nos a história de Simão Bacamarte é o , médico conceituado que decide enveredar pelo campo da psiquiatria e inicia um estudo sobre a loucura e seus graus, classificando-os. Instala-se em Itaguaí, onde funda a Casa Verde, um hospício que abastece de cobaias humanas para as suas pesquisas. Passa a internar todas as pessoas da cidade que ele julga loucas; o vaidoso, o bajulador, a supersticiosa, a indecisa, etc.

“Dom Casmurro” de Machado de Assis

Título: Dom Casmurro
Autores: Machado de Assis
Edição: Projecto Adamastor
Data Original de Publicação: 1899
Data Publicação eBook: 2013
ISBN: 978-989-8698-12-4

Uma das obras-primas da literatura brasileira, narrado em primeira pessoa. O seu personagem principal é Bento de Albuquerque Santiago, um carioca de 54 anos, advogado solitário e bem-estabelecido que, após ter reproduzido tal qual, no Engenho Novo, a casa em que foi criado “na antiga R. de Matacavalos” (hoje Riachuelo), pretende “atar as duas pontas da vida e resgatar na velhice a adolescência”, ou seja, contar na meia idade seus momentos de moço.
 

 

“Memórias Póstumas de Brás Cubas” de Machado de Assis

Título: Memórias Póstumas de Brás Cubas

Autor: Machado de Assis

Edição: Luso Livros

«O romance “Memórias Póstumas de Brás Cuba”, geralmente reconhecido como a obra-prima de Machado de Assis foi inicialmente escrito como uma história para ser impressa sob a forma de um folhetim semanal, na “Revista Brasileira”, durante o ano de 1880, mas, por ter um enredo tão original, contada sob a perspectiva de um morto, cativou o público de uma tal maneira que, meses após os lançamentos em folhetim terem terminado, foi logo publicada em livro.»